top of page

A felicidade que transforma

Novos tempos duvidosos acelerou a humanidade. Inúmeros pessoas estão deixando na gaveta sonhos, desejos, prazeres, vontade de viver, deixando o vitimismo, a acomodação tomar conta ou passar despercebido através do piloto automático, sem perceber.


Em pesquisa recente da OMS, 86% dos Brasileiros , apresentam algum tipo de dificuldade com doenças mentais, e acelerou este quadro durante a Pandemia. Foco, amores, encantos, desejo, energia foram deixados de lado, pois tomou conta o medo, a insegurança, o desistir e a zona de conforto.


Como consequência, surgem problemas como pensamentos negativos, crenças limitantes e ruptura de valores. O ego se sobressai e cala a essência alegre e sonhadora do ser humano. Doenças mentais, como o stress, depressão, ansiedade, não aceitação, negatividade, convívio tóxico.


Para isso, todos nós somos corpo, mente e espírito. Quando a mente adoece, o corpo e o espírito também são contaminados. A partir da teoria comportamental (do psiquiatra AARON BECK), proponho que cada um realize uma reflexão e avalie os seguintes pontos para depois avançar.


- Como estou?

- Quem sou?

- O que almejo?

- Como farei isso?


A felicidade é o que move o ser humano. Quando estamos felizes, encorajamos nossa atitude e nosso estado de espírito para sermos positivos, inteligentes. Quanto mais motivados ficamos, mais sucesso atingimos.


Felicidade gera felicidade. Assim, acredito que todos somos capazes de realizar aquilo que sonhamos, pois nossos desejos partem de nós mesmos.




10 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page