top of page

Desafios do mercado de trabalho

O mercado de trabalho está absurdamente competitivo e um dos principais desafios dos mais jovens é conquistar o primeiro emprego.


Muitas empresas tendem a dar prioridade aos profissionais um pouco mais experientes, em detrimento daqueles que buscam a primeira oportunidade.

Mas há uma luz no fim do túnel. Com o mercado cada vez mais voraz, as empresas tendem a investir mais na capacitação de suas equipes e, nesse ponto, os jovens são muito valorizados. Para as organizações, faz mais sentido investir na capacitação de alguém com menos idade, por essa pessoa ter menos vícios na maneira de trabalhar e maior vida útil no trabalho.

Obviamente, não é correto ficarmos esperando a oportunidade cair do céu, com uma empresa investindo em nossa capacitação. Devemos buscar por conta própria estágios e/ou programas de trainee. É importante ter em mente que, nesse início, a remuneração será baixa, mas o importante é fortalecer a experiência e o conhecimento prático da área em que trabalhamos.

Como desenhar uma trajetória profissional desde o início?

Construir uma carreira é um processo gradual e que leva tempo. É preciso dar um passo de cada vez, com a consciência de que, no primeiro momento, os cargos a serem ocupados serão mais operacionais, que nos proverão de conhecimento e maturidade, para então crescermos. Posteriormente, virão os cargos mais estratégicos. Neles, o conhecimento da prática será fundamental para tomarmos decisões otimizadas e eficientes.

Aliando o conhecimento teórico com o conhecimento prático, adquirido por meio de cargos e atividades na base da pirâmide hierárquica, nos tornaremos profissionais bastante valorizados no mercado. Sabendo que as empresas estão investindo pesado na qualificação de suas equipes, imagine quão impressionante será quando você aparecer com boa experiência e qualificação previamente adquiridas!

Perseverança…

A partir disso, cabe a nós decidir se vamos sair na frente, com o peito aberto para aprender e dar início a essa jornada ou se vamos ficar nos lamentando. O mundo não é determinista! A sociedade, a escola, a família ou qualquer outro fator externo não irá definir nosso sucesso ou nosso fracasso, nós mesmo vamos!


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page