top of page

Estratégia é tudo

Atualizado: 30 de mai. de 2022

Toda cidade que se preze também tem seus bêbados conhecidos. Na minha cidade tem alguns, mas ninguém supera entre eles, o mais popular de todos: o Zé Bartira. Um bêbado com uma inteligência fora do comum; alto astral, sempre alegre, e ainda por cima um estrategista genial.


Depois de um bom tempo fui saber que Bartira não era o sobrenome do Zé, era apelido. Dizem que o apelido foi lhe dado por que tudo que ele ganha o bar tira.


Tenho algumas histórias interessantes do Zé Bartira em velórios, pescarias, festas e em tantos outros lugares.


A estória dele que vou contar agora, aconteceu algum tempo atrás, durante uma inauguração de uma obra pública em minha cidade. Esses eventos costumam ser uma festa e reúnem todos os tipos de pessoas, das mais simples as mais importantes.


E quem estava lá também? o Zé Bartira, lógico! Ele não perderia uma oportunidade dessas de jeito nenhum.


Chegou numa roda de “autoridades”, cumprimentou um por um com reverências, mas seus olhos brilharam quando viu a sua frente o Seu Gerson, grande empresário do setor de aguardentes.


O Zé tinha uma admiração muito grande pelo empresário. Era um tipo de ídolo, que o Zé tinha um apreço e respeito muito especial; para ele, era o Seu Gerson na terra e Deus no Céu.


Aproveitando talvez da única oportunidade, imediatamente para não dar chance ao azar, pediu um trocado ao Seu Gerson.


Para não dar muita atenção e com a ideia de dispensá-lo o mais rápido possível, o interlocutor disse que não tinha no bolso um real sequer.


Zé não deu por vencido, para quem bem o conhece, sabe que não desiste fácil dos objetivos. Balançou negativamente a cabeça, e olhando fixamente para o homem disse:


- Se eu falar que não tenho dinheiro tudo bem. Sou um “pé rapado” mesmo. Mas um empresário bem sucedido como senhor dizer que não tem, aí dá vergonha.


Vasculhou demoradamente bolso por bolso, até encontrar seu único dinheiro: uma moeda de um real.


Ciente do que estava fazendo, entregou ao empresário e falou bem alto, para todos ouvirem:


- Toma essa moeda Doutor. Por que se alguém te pedir um trocado, agora o senhor não passa mais vergonha!


A estória não acaba aí. O Zé não sairia dessa no prejuízo. Era o único dinheiro que tinha para tomar uma. Foi um desperdício ter dado ao Doutor.


Mas para quem conhece o Zé, ele não dá nó sem ponta, como diz o ditado. Com certeza aí tinha uma de suas estratégias, tudo tinha sido muito bem pensado antes.


Como já disse o Zé Bartira era um estrategista nato.


Ele precisava reverter isso. Pensou um pouco e com toda sua astúcia voltou-se ao Seu Gerson e pediu novamente um real. E antes de qualquer resposta já retrucou:


- Agora o Senhor não pode negar, por que eu sei que tem um real.


Já com o dinheiro na mão, saiu gargalhando, alegre e feliz rumo ao bar mais próximo, com certeza para tomar mais uma.


Oque aprendemos com essa estratégia do Zé Bartira?


Que não podemos e nem devemos agir por impulso e que planejamento é fundamental para o sucesso de nossos objetivos. No famoso livro A Arte da Guerra, vemos a importância da estratégia como ferramenta para sermos bem sucedidos.


Você tem usado o planejamento para realização de seus sonhos e objetivos?


Conseguiria responder como e onde você estará daqui cinco anos?


O resultado positivo vai depender da sua resposta.


Por que se você for um estrategista já fez todo um planejamento e sabe onde chegará.

Como diz o ditado: quem não sabe para onde está indo, não sabe nem onde, nem como e nem quando vai chegar.


Com minha experiência, posso te afirmar que mesmo planejando existe a probabilidade de alguma coisa não sair como planejado. Planejando, você tem a possibilidade do plano “B” para ajustes. Olha quantas possibilidades, pois o abecedário ainda tem mais 25 letras para te ajudar.


Então imagina quando não se planeja. Se não planejar te garanto que a chance de não dar certo são muitas.


Não jogue com a sorte, por que ela não existe. Para mim sorte é, na verdade, quando a oportunidade te encontra preparado.


Nessas horas estratégia é tudo, afinal é ela que determinará resultado entre o sucesso e o fracasso.


“Consagre a Deus tudo o que você faz e os seus planos serão bem sucedidos” Pv 16:3

(Trecho do meu livro “Transforme Sua Vida com Humor e Motivação”)


28 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page