top of page

RH 4.0 – Ainda temos muito para falar...

A indústria 4.0 representa uma grande transformação na forma como as empresas abordam a manufatura. Esta quarta revolução industrial já reduziu os requisitos de recursos humanos de muitas empresas por meio da automação e na mesma linha, a troca de dados entre sistemas diferentes aumentou drasticamente a eficiência e os processos de tomada de decisão.


Embora o mundo veja ainda mais mudanças nos próximos anos, grande parte da tecnologia necessária já está em vigor para substituir metade de todas as atividades atuais relacionadas ao trabalho. Enquanto isso, indústrias como defesa e aeroespacial poderiam se considerar em altos níveis de digitalização desde 2020.


Ninguém pode saber, ao certo, o que acontecerá quando as empresas precisam de menos pessoas para operar suas necessidades, mas uma coisa que sabemos é que o trabalho como profissional de RH será totalmente diferente da forma que cada um de nós faz atualmente

Pensei em três aspectos para nossa reflexão e que talvez valha já começar a observar:


1. Pessoas

Sem dúvida, grande parte da importância da Indústria 4.0 reside no seu impacto sobre as pessoas. Para começar, um número crescente de trabalhadores está descobrindo que seus conhecimentos, habilidades e outras capacidades não são mais necessárias e enquanto isso, as pessoas que permanecem empregáveis têm expectativas crescentes sobre seus empregos e condições de trabalho.

No cenário corporativo, essas tecnologias de automação e outras tecnologias em evolução estão mudando as necessidades das organizações. Para começar, os empresários e gestores precisarão reavaliar sua estrutura e redefinir quais tarefas eles vão requer envolvimento humano e isso com certeza vai criar uma nova necessidade em suas práticas de contratação.

A indústria 4.0 também vai colocar sob uma nova lupa os profissionais de RH. Para começar, precisaremos estreitar a colaboração com as companhias que atuamos para apoiá-las em suas novas necessidades de pessoal e, em seguida, encontrar e contratar as pessoas mais aderentes a esses novos perfis e nesse processo, todas as cadeias envolvidas precisarão, obrigatoriamente, adotar novas tecnologias para se manterem competitivos em suas áreas de atuação.

Para ser diferente, à medida que você lida com a reinvenção da indústria de recursos humanos, você deve lidar com empregadores, colaboradores e colegas que também estão experimentando reviravolta em suas vidas profissionais, no entanto, priorizando consistentemente as necessidades das pessoas sobre processos e outras considerações, você pode prosperar durante a atual revolução.


2. Recrutamento

A indústria 4.0 está afetando todas as indústrias em todos os níveis e isso afeta todos os aspectos do RH, incluindo os processos de recrutamento. Se as equipes e head hunters não se adaptarem, perderão sua vantagem competitiva. Então, para continuar combinando os melhores talentos com os empregos disponíveis, você precisará abraçar essa evolução.

Nesse ponto, a inteligência de dados subsidiará todos envolvidos nesse processo a entender o que torna uma empresa atraente para os candidatos e consequentemente, o RH terá a capacidade de assumir um papel primordial na formação da cultura e dos valores corporativos. Da mesma forma, os profissionais de RH potencialmente aprenderão mais sobre onde e como se conectar com perspectivas qualificadas para qualquer vaga de emprego em suas áreas de atuação.

À medida que você se torna mais proficiente em associar organizações com recursos humanos adequados, você se tornará fundamental na redução dos custos de recrutamento. Em outras palavras, o HR 4.0 lhe dá a oportunidade de criar vantagens competitivas sustentáveis para você e sua empresa.


3. Trabalho em equipe

No passado, todas as tarefas de RH dentro de uma organização eram realizadas por equipes internas ou agentes externas. Agora, a Indústria 4.0 está disponibilizando tecnologias que incluem praticamente todas as áreas de uma empresa no processo de contratação, de forma transparente para quem está se candidatando para uma posição.

Para ajudar diversas áreas dentro das companhias a coordenar suas atividades com equipes de RH, os profissionais de RH precisarão aprender sobre tecnologias digitais e usá-las para trabalhar de forma mais eficiente e isso envolve o uso de ferramentas de colaboração e comunicação, bem como a manutenção de registros digitais e análise de negócios.

O trabalho do profissional de RH inclui mais do que encontrar e contratar o talento certo. No que vivemos hoje tarefas, como onboarding e treinamento que apresentem uma nova experiência para quem está embarcando na companhia vão ser elementos tão importantes quanto a proposta financeira/benefícios que o novo colaborador está recebendo. Nesse viés ferramentas de automatização, gamificação e conectadas com metaverso vão personalizar a jornada de novos colaboradores e criar uma nova régua de relacionamento a ser seguida.


A Indústria 4.0 já trouxe muitas mudanças para o mundo dos negócios, e muitas mudanças estão a caminho. Como profissional de RH, precisamos pesquisar e abraçar as tecnologias disruptivas que nos ajudarão a trabalhar de forma mais inteligente e eficiente e ampliar o patamar de entregas para nossas companhias.

É desnecessário dizer que parte do nosso trabalho envolverá descobrir e atender às necessidades e expectativas em mudança de nossos clientes, sejam eles companhias ou candidatos. Além disso, penso que podemos esperar que a nova revolução industrial abra novas oportunidades para fornecermos novas soluções em gestão de desempenho e treinamento contínuos que nos ajudarão a permanecer relevante para os empregadores e empregados que servimos todos os dias.


Fabian Seabra é Associado de RH e colunista do Gente Mais Portal

17 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page