top of page

RH | DP: Será que não devo me preocupar com a área do Direito Trabalhista?

Quando atuei logo no início de minha trajetória profissional em Departamento Pessoal, ficava me perguntando porque não atuávamos preventivamente para que processos trabalhistas não se tornassem realidade.



Nunca tive esta resposta, aliás uma resposta eu tive, quando me disseram que ao pagar um Escritório Jurídico a responsabilidade passara a ser Deles e não da Empresa que os contratou.


Omissão? Sim, pois a prevenção faz parte do trabalho do Departamento do Pessoal ou não? Segundo o Dr. Odair Marcondes, referência na área Jurídico trabalhista e, que foi por muitos anos Gerente de Recursos Humanos em grandes grupos empresariais, esta postura é compatível ao que pensa e exerce, pois esta atitude reduzirá custos e permitirá nos anteciparmos aos fatos.


Muitos dirão que não realizam este trabalho, pois é atribuição de advogados trabalhistas, será? Criarmos um canal de comunicação constante e aberto, atuando dentro da legislação vigente e, acompanhando todas as modificações que acontecem, dando como exemplo a reforma trabalhista, claro fazem parte do nosso dia a dia.


O custo dos trabalhos repassados aos escritórios jurídicos pode ser reduzido se assumirmos o nosso papel enquanto administradores das relações trabalhistas. Claro que existem casos em que um escritório jurídico especializado poderá atuar devido à complexidade do processo, porém vejo que em muitos casos a solução poderá ser caseira com atuação preventiva.


Este interesse e estudo da legislação trabalhista pode abrir uma nova vertente de atuação do profissional do Departamento do Pessoal.


Pensemos nisso com muito carinho.


Pedro Morbach é Head e Job Hunter, Palestrante Motivacional, atua na Pedro Morbach Treinamento e Eventos e colunista do Gente Mais Portal

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page